quarta-feira, 25 de abril de 2012

Metallica: Cliff Burton, Jim Martin e Agents Of Misfortune

Um vídeo feito na faculdade de Chabot, onde Cliff Burton estudou música clássica e teoria musical – final dos anos 70, antes de seus anos de Trauma e, claro, Metallica – da Agents of Misfortune, banda formada por Cliff e Jim Martin (que mais tarde viria a ser guitarrista do Faith No More); este vídeo foi feito em decorrência de uma audição da banda para a Batalha das Bandas do Departamento Recreativo de Hayward.
O som é composto basicamente por bastantes improvisações e distorções, com Jim Martin chegando, inclusive, a usar um arco de violino em sua guitarra. Mas o mais interessante de se notar são trechos que mais tarde seriam utilizados no Metallica como um pedacinho de Anesthesia e a clássica introdução de For Whom The Bell Tolls (por volta de 11m27s) além, claro, da famosa presença de palco de Cliff balançando a cabeleira sem parar.

video


sábado, 21 de abril de 2012

Ulrich: Não quero que o Metallica vire uma banda nostálgica

O novo número da edição inglesa da revista Metal Hammer traz uma matéria superlativa de capa com o Metallica, onde James Hetfield e Lars Ulrich falam sobre o novo disco, o vindouro show do ‘Black Album’ no Download Festival, reunir-se com Dave Mustaine e mais no que deve ser a maior reportagem com a banda esse ano.

O que segue abaixo são alguns trechos traduzidos do artigo:

Lars ao olhar pra trás: “Eu não quero que o Metallica vire uma porra duma banda nostálgica, mas ao mesmo tempo, nós amamos nosso passado, nós apreciamos nosso passado e é muito divertido lembrar daquele tempo e reviver alguns daqueles momentos com uma visão renovada da vida e um novo apreço por aquelas relações.”

James e sua inspiração: “Eu não escuto coisas antigas pra me inspirar, não de propósito. É meio que só o que está rolando de bom no momento. Hoje em dia, com a imprensa, é difícil. Diga o nome de uma banda, e eles acham que o seu novo disco vai soar como o deles!”

Lars sobre manter-se ocupado: “Há tantos projetos que fazemos o tempo todo. Quando escrevemos o ‘Black Album’, nós começamos a compô-lo e acabamos escrevendo ele sem mais nada rolando ao mesmo tempo – foram três meses, boom. Não fazemos mais desse jeito. Aí escrevemos por um tempo e daí vamos pro Brasil e daí voltamos e daí fazemos uma semana de shows com Lou Reed, e daí escrevemos por duas semanas e daí enfiamos os dedos no nariz, e daí fazemos outra coisa e daí tocamos no Fillmore.”

Retorno do Snake Pit

O site oficial do Metallica foi atualizado com a seguinte notícia, anunciando o retorno do Snake Pit:

Como vocês já devem ter ouvido, o tema de nossa viagem de verão pela Europa é celebrar o vigésimo aniversário do lançamento do álbum preto ao tocá-lo na íntegra em todos os 16 shows. E o que seria uma turnê do álbum preto sem o Snake Pit????

Para aqueles que estavam com a gente quase 20 anos atrás para o verão das turnês de 92 e 93, vocês devem se lembrar de um buraco em formato de diamante no meio do palco, bem, ele está de volta para nossas pequenas férias de verão! Membros do MetClub com ingressos para a pista/frente (depende do local) podem ganhar passes para assistir do snake pit em todos os shows da turnê européia neste verão, com a exceção do ROck Am Ring em 2 de Junho, onde as restrições da produção local nos impediu de colocar o snake pit. Se logue e veja todos os detalhes sobre como concorrer aqui.

Nós estamos nos arrumando e nos preparando agora... Nos vemos na estrada mês que vem!

Metallica em disco tributo a Dio


O Metallica confirmou que fará parte do vindouro álbum tributo a Ronnie James Dio, que está sendo feito pela viúva do vocalista e empresária de longa data, Wendy Dio.

"Nós fomos até a Wendy para falarmos que queríamos ser parte do tributo a Dio que está sendo feito", disse o vocalista do Metallica, James Hetfield, a revista Metal Hammer do Reino Unido. "Nós estamos bem honrados em fazermos parte disso, e de sermos parte de uma celebração da vida de Ronnie e de sua grande contribuição".

"Nós definitivamente estamos ansiosos para fazermos o disco que a Wendy está criando para Ronnie", completa Lars Ulrich, baterista do Metallica. "Nós fomos perguntados se queríamos contribuir com o aniversário do [clássico álbum do Deep Purple], 'Machine Head', também - nós não podemos negar isso. Nós estamos olhando os catálogos de Dio e do Purple e esperamos vir com algo que valha a pena desses caras maravilhosos."

Outros artistas que aparecerão no álbum tributo a Dio incluem Anthrax, Rob Halford, Lemmy Kilmister, Ian Gillan, Alice Cooper, Glenn Hughes, Sebastian Bach, Chris Jericho e Dave Grohl.

"Eu estou deixando eles escolherem a música que quiserem e fazerem do jeito que quiserem", disse Wendy a Artisan News em dezembro.

A sair até o final do ano, o disco tributo terá Grohl coverizando "The Mob Rules" do Black Sabbath, e Halford contribuindo com uma versão de "Long Live Rock 'N' Roll" do Rainbow.

Ronnie James Dio, mais conhecido por seu trabalho no Black Sabbath, Rainbow e sua própria banda Dio, morreu de câncer de estômago em 16 de Maio de 2010, aos 67 anos.

Lars Ulrich afirma ter vontade de tocar com banda de Noel Gallagher

Lars Ulrich, baterista do Metallica, revelou que tem vontade de tocar em um show da nova banda de Noel Gallagher, o High Flying Birds. Para ele, o músico está fazendo um “trabalho estelar”. “É difícil pensar em outra pessoa com quem preferiria tocar do que Gallagher. Quando o vi em Los Angeles, em dezembro, foi fabuloso”, disse.
O músico contou  em entrevista à revista “NME” que não mediria esforços para tocar com a banda. “Faria a música soar com o melhor da minha habilidade. Apesar disso, não sei se ele me levaria a sério”.
Ulrich também falou sobre o filme “Mission To Lars”, que mostra a saga de Tom Spicer, um fã do Metallica que sofre de autismo e sonha em conhecer o baterista. “Não é algo em que estamos diretamente envolvidos, mas demos apoio à empreitada. É um grande testemunho sobre a importância da música e o que ela significa para diferentes pessoas”, afirmou.
O documentário  estreia em junho nos Estados Unidos.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Metallica divulga programação de seu festival




O Metallica divulgou a programação do festival que está organizando, o Orion Music+More. O evento acontecerá nos dias 23 e 24 de junho, em Nova Jersey (EUA). Além de shows de variadas atrações, também haverá mostras, como a dedicada à coleção de Kirk Hammett por filmes de horror, e competições.
"Há anos, nós temos pensado na ideia de fazer nosso próprio festival, com muita música variada, diversão e jogos", disse o baterista Lars Ulrich. "Estamos mais que empolgados para levar o Orion aos nossos fãs, amigos e curiosos".
No quesito principal, música, estão confirmados nomes de diferentes estilos ligados ao rock/metal/blues, incluindo os brasileiros do Sepultura e outras duas atrações a serem confirmadas. A lista tem o seguinte:
Arctic Monkeys, Avenged Sevenfold, Modest Mouse, The Gaslight Anthem, Cage The Elephant, Fucked Up, Best Coast, Hot Snakes, Titus Andronicus, Gary Clark Jr., Lucero, Roky Erickson, The Black Angels, The Sword, Charred Walls of the Damned, Shuli Egar, comedian Jim Florentine, Wooden Shjips, comedian Don Jamieson, Kyng, A Place to Bury Strangers, Liturgy, Letlive, Suicidal Tendencies, The Black Dahlia Murder, Black Tusk,Torche, Red Fang, Landmine Marathon e Thy Will Be Done.
Atração principal, o Metallica irá executar na íntegra dois de seus emblemáticos álbuns, 'Black Album' (1991) na primeira noite e 'Ride the Lightning' (1984) na segunda. Entre no site do Orion Music+More e veja os detalhes.

Veja o vídeo em que Kirk Hammett fala de sua paixão por filmes de horror (sem legenda):

video


terça-feira, 3 de abril de 2012

Historia de James Alan Hetfield



Quando se trata de definir Metallica, a maioria das pessoas usam James Hetfield como seu guia. Nunca há qualquer besteira com James e nunca há qualquer fugir de funções. Exemplo? Quando ele jogou sua volta no Verão turnê Sanitarium 2000, James lavrado o seu caminho através de três semanas de fisioterapia intensa em quatro dias, de acordo com seu fisioterapeuta. E quando as coisas ficaram realmente difíceis, e James precisava de ajuda em 2001, ele procurou-a, tomou-a e voltou mais forte do que nunca. É precisamente este tipo de feroz e inflexível devoção, dedicação e espírito que fez James tal ponto focal um inspirador ao longo dos anos para milhões de torcedores.
Ironicamente, a voz de Metallica (na verdade, uma voz a definição de sua geração rock'n'roll) quase não era uma voz em tudo, simplesmente porque nos primeiros dias, James Hetfield não gosta de ser um vocalista. Metallica tentei algumas diferentes vocais / guitarra configurações. Algumas das opções consideradas incluíram a adição de outro guitarrista, tendo o então líder guitarrista Dave Mustaine toca guitarra única e perguntando John Bush do Armored Saint cantar para a banda. Claro que o bom senso prevaleceu, James decidiu lutar mais para se estabelecer como um líder e os resultados são, ahem história,
Para traçar as raízes de dedicação inabalável Hetfield e determinação, você tem que voltar a uma infância que foi muitas vezes dura, mas colocou uma fundação, que ressalta James hoje. Nascido para um motorista de caminhão e cantor de ópera luz em 03 de agosto de 1963, em Los Angeles, as crenças de sua família da Ciência Cristã religiosas desempenharam um grande papel na vida do jovem Hetfield, e, posteriormente, formar um ponto central para muitas das letras do Metallica. Ele tinha 9 anos quando ele teve aulas de piano antes de tomar na bateria irmão de Davi e, finalmente, pegar um violão em suas pré-adolescentes.
Com o gosta de Black Sabbath, Led Zeppelin e Thin Lizzy proporcionando inspiração, James rapidamente definir sobre a tarefa de se tornar uma estrela do rock em sua primeira banda Obsession. Composta dos irmãos Veloz no baixo e bateria, com Jim Arnold na guitarra, muito tempo foi gasto em jamming o Veloz na garagem com Ron McGoveny e Dave Marrs agindo como roadies. McGovney posteriormente entrou em cena ao lado Marrs e Hetfield quando o Veloz irmãos encarnação terminou.
Após se mudar para Brea, Califórnia, James participou Brea Olinda High School e se encontrou com o baterista Jim Mulligan. Os dois atolado na hora do almoço assustando guitarristas colegas com seus sons altos e pesados ​​antes de um cara chamado Hugh Tanner foi visto carregando em torno da parte de uma guitarra Flying V na escola. Phantom Lord nasceu com Hugh na guitarra, Mulligan na bateria e James cantando mais tocar guitarra. O grupo passou por alguns baixistas poucos até a formatura, quando James voltou para Downey.
Voltar em Downey, James mudou-se para uma casa de propriedade dos pais de Ron McGovney, que foi marcada para demolição devido a uma expansão rápida. Era o lugar perfeito para James e Ron a falhar, ensaiar e geléia. James falou Rony em assumir o baixo, Phantom Lord era nada mais, a terceira faixa, sob a liderança de Hetfield.
Leather Charm, nasceu. A única diferença entre Charme e Senhor, foi James cantando sem guitarra e Ron a tocar baixo, Hugh Tanner e Jim Mulligan manter suas posições anteriores "Senhor. Leather Charm era uma combinação de rock em grande parte difícil, jogar alguns originais e cobre, como Iron Maiden 'Remember Tomorrow', entre outros. A banda conseguiu realizar em algumas festas e gravou uma demo, mas depois começou a desmoronar.
Primeiro Tanner deixou a banda (substituído por Troy James), então Mulligan partiu para um mais progressivo, a banda Rush-like. E sem o baterista, a banda foi forçada a desistir. Apesar de ter sido partida Mulligan, que levou a James procurando um novo baterista, podemos dizer com segurança que Hugh Tanner foi o responsável pelo momento catalítico que mudaria o curso da vida de James Hetfield e fora dele no caminho para atingir sua ambição de infância. Como? Simples ... Tanner apresentou James a Lars Ulrich. O resto, como você vai ler em outro lugar, é uma história longa e ilustre (ocasionalmente curioso) e ainda em evolução ...
James é o principal compositor do Metallica, co-criação do quadro e estrutura para mais Metallimaterial. Quando não está escrevendo, cantando ou tocando, James goza de uma variedade de atividades ao ar livre, incluindo caça, snowboard, água e jet-ski, esboçar, vizinhos irritantes com armas e tubos fortes na sua chopper "A Saga", observando seus Raiders favoritos Oakland e indo para hot-rod shows. Ele também coleciona guitarras antigas (em especial os de 1963) e gosta de trabalhar em carros antigos. Entre os seus favoritos são um '55 Chevy Belair (que ele ajudou a construir e restaurar-se), e "The Beast", um temível todo-o-terreno Blazer 4-wheel drive que é projetado para sobreviver tudo, desde terremotos de holocausto nuclear. Além dessas atividades, James é muitas vezes o tempo mais feliz da despesa com sua esposa Francesca e três filhos, Cali, Castor, e Marcella.

Além Magnetic vai Vinil

Além Magnetic vai Vinil

Primeiro foi digital, então era disco compacto, agora o EP Beyond Magnetic estará disponível em vinil para comemorar o Dia Loja Registro em 21 de abril de 2012. Nós sempre fomos simpatizantes grandes dos nossos amigos no varejo independente eo evento anual do terceiro sábado de cada abril ... nós mesmo ajudou a lançar o primeiro ano em 2008, com uma aparência loja-in em uma das lojas nossa cidade! Para aumentar a diversão, isso não é lançamento de vinil preto normal, mas será em vinil de prata com um adesivo exclusivo Metallica incluído no pacote. Olhe para o PE na data especial de lançamento sábado em sua loja de discos local favorito e Metallica.com.
Como um lembrete, o EP Beyond magnética consiste em quatro inéditas mixes de faixas das sessões Death Magnetic que foram estreou ao vivo durante as comemorações do nosso aniversário no Teatro Fillmore em San Francisco em dezembro do ano passado. Depois de dar-lhes a todos os membros do Fã Clube de graça, as músicas estavam disponíveis no iTunes e outros em lojas digitais, depois que sai em CD em janeiro.
Os nossos amigos internacionais será capaz de pegar o EP em 20 de abril de 2012, sua loja de discos favorita independente.
ALÉM tracklist MAGNÉTICO:
1. Ódio Train
2. Apenas Bullet Fora
3. Hell and Back
4. Rebel Of Babylon